sexta-feira, 6 de abril de 2012

Sobre raiva e pinguins


Por Juliette Savin
No Blog Olho de Biólogo

O plástico é uma das melhores e piores coisas que aconteceu à humanidade. Eu sempre soube disso. Há um tempo atrás, trabalhei na Região do Lagos. Lembro que uma das coisas que mais me marcou do tempo passado lá, e me deixou com muita raiva, foi a quantidade de plástico na beira do rio e na praia... Não vou dizer de qual rio ou qual cidade estou falando, e na verdade poderia estar falando de qualquer rio ou qualquer cidade do Brasil ou do mundo, mas fiquei chocada mesmo. Poderia tambem relatar uma viagem num deserto Africano, onde, de novo, o que mais me chocou foi .... a quantidade de sacolas plásticas na beira da estrada, voando, livres nesse deserto de pedras.

Quanta raiva precisamos sentir, o que precisamos ver, ler, ouvir para nos darmos conta que o quê estamos fazendo é ruim para o ambiente?

Preciso contar outra história para esclarecer o meu pensamento. Há pouco tempo atrás, uma amiga me mandou o seu artigo publicado recentemente na revista Marine Pollution Bulletin. Eu leio artigos científicos, esse é o meu trabalho. Estou acostumada e tenho uma rotina quando a faço. Normalmente sou rápida, mas dessa vez, para ler o artigo da minha amiga, fui muito lenta. Aliás, pior do que lenta: nunca consegui acabar! O artigo era sobre pinguins que visitam o litoral brasileiro. Descrevia o lixo, em particular o lixo plástico, que um grupo de 175 pinguins achados mortos na Região do Lagos, no Rio de Janeiro, tinha ingerido.

Estava com tanta raiva que não consegui continuar. Não queria mais ler sobre os danos que a nossa sociedade está causando aos seres vivos que vivem do nosso lado. E não queria nunca mais ter que ler, ver, ouvir uma palavra sobre o impacto desse danado plástico no ambiente! Mas, infelizmente, vou ter que atuar, porque é só o inicio. Então a minha pergunta hoje é essa: o que precisamos ver, ler, ouvir para nos darmos conta que o que estamos fazendo é ruim para o ambiente? Eu vi o plástico na praia e no deserto, e agora tento não usar mais plástico. Não uso sacola de plástico no mercado, e compro o mínimo de ingredientes embalados em plástico...

Vamos, cada um, tentar ficar com raiva do que lemos, vemos e ouvimos, e vamos tentar atuar a favor do ambiente?

O artigo esta accessível aqui .

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parceiros fóton Blog

O designer fóton Blog

Twitter