quarta-feira, 20 de abril de 2011

Cientistas fabricam pele humana

O jornal alemão Der Spiegel encontrou uma “fábrica de pele”, no Fraunhofer Institute for Interfacial Engineering and Biotechnology, onde pequenos robôs injetam uma solução cor de rosa em pequenos tubos e os transformam em camadas de pele humana. Eles podem produzir até 5 mil discos, do tamanho de uma moeda de um centavo, de tecido translúcido por mês. Os criadores dizem que pode-se produzir a pele artificial em tons de marrom. Cada disco custaria aproximadamente US$ 72.


A automação do processo é completa: robôs e computadores controlam a produção de pele, que acontece em um ambiente esterilizado e com clima controlado. O líquido que dá origem ao produto final é monitorado constantemente para detecção de sinais de infecção e os computadores guiam os lasers e lâminas que cortam os pedacinhos recém-criados. O objetivo é abrir o caminho para a criação de tecidos humanos completos, com vasos sanguíneos, que pudessem ser usados para tratar ferimentos e outros problemas médicos.
A diretora da fábrica, Heike Walles, acredita que, no futuro, será possível criar outros tecidos como o de bexigas, traquéias, e até mesmo cartilagens e outros órgãos humanos. A cientista e sua equipe tiveram sucesso na engenharia de tecidos para transplante humano, mas o processo é extremamente caro e exige muito trabalho. Uma “linha de produção” automatizada, contudo, poderia deixar o processo mais barato e simples, diz ela.

Por enquanto, os novos tecidos estão sendo testados em animais e poderia ser usado em produtos cosméticos, mas ainda há um longo caminho a seguir até o transplante humano. Os órgãos reguladores da União Européia exigem várias etapas de testes em animais até que se comprove a segurança para o uso clínico.

fonte: Hype Science e PopSci

Um comentário:

Ministério disse...

Olá, blogueiro (a),

Salvar vidas por meio da palavra. Isso é possível.

Participe da Campanha Nacional de Doação de Órgãos. Divulgue a importância do ato de doar. Para ser doador de órgãos, basta conversar com sua família e deixar clara a sua vontade. Não é preciso deixar nada por escrito, em nenhum documento.

Acesse http://doe.vc/mq e saiba mais.

Para obter material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Atenciosamente,

Ministério da Saúde
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parceiros fóton Blog

O designer fóton Blog

Twitter