segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

A devastação no Japão e a Energia Nuclear no Mundo, na Science

Via CDTN

A crise na usina nuclear de Fukushima está levando os países em todo o mundo a reavaliar a segurança de suas instalações e suas próprias aspirações nucleares. A revista Science (no. 331 – de 25 de março de 2011) criou um mapaque fornece um instantâneo do número de reatores nucleares em operação e em construção no mundo, locais de usinas em relação ao perigo das zonas sísmicas e as reações aos eventos no Japão e em alguns países.

No restante desta seção especial de Notícias & Análises, a revista examina o que já aprendemos sobre os riscos da exposição à radiação (p.1504), as melhorias necessárias para a segurança do Projeto de “Água Fervente” de Fukushima (p.1506), o que fazer com os reatores destruídos (p.1507) e a investigação sobre os danos do terremoto às instalações (p.1509).

Sobre as ações do Governo Federal brasileiro, a revista informa que o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, disse que irá rever completamente as normas de segurança do País, tanto para os reatores nucleares em operação em Angra, quanto para a construção do terceiro, previsto para entrar em linha em 2015.

Science afirma, ainda, que, com a crise de Fukushima, foi retomado o debate sobre a criação de uma agência regulatória independente para a energia nuclear no Brasil.

Tradução por: Rogério Mamão Gouveia

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parceiros fóton Blog

O designer fóton Blog

Twitter